Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 19 de junho de 2013

SEMANA DO MEIO AMBIENTE

VISITA E PALESTRA COM A EMATER
 
 



OFICINAS

OFICINAS

JUDÔ- Vinícius
 
ALULAS DE DANÇA TRADICIONALISTA - Alexandra Silveira
 
AULAS DE VIOLÃO - Marcos Purin

FUNCIONÁRIOS

FUNCIONÁRIOS

Jonas Ilg Kuck
Aux. Biblioteca
Maria Goreti Santos
Aux. Cozinha
Cleusa Oliveira
Aux. Cozinha
Quelem
Aux. Cozinha
Eliane Margarida Saraiva
Aux. Limpeza
Silvia Weber
Aux. Limpeza
Vigilante


HORÁRIOS


ORIENTAÇÕES QUANTO AO HORÁRIO

TURNO
HORÁRIO
Manhã
Das 8h às 12h
Tarde
Das 13h às 17h

PERÍODO
MANHÃ
TARDE
8h às 8h 55min
13h às 13h 55min
8h 55min às 9h 50min
13h 55min às 14h 50min
RECREIO
9h 50min às 10h 10min
14h 50min às 15h 10min
10h 10min às 11h 05min
15h 10min às 16h 05min
11h 05min às 12h
16h 05min às 17h

PROFESSORES: SÉRIES FINAIS

PROFESSORES: SÉRIES FINAIS

6º, 7º e 8º Anos.
LÍNGUA PORTUGUESA - Cíntia 
MATEMÁTICA - Barbara
HISTÓRIA - Ricardo Bachieri
CIÊNCIAS - 

ARTES - 
ENSINO RELIGIOSO - 
LÍNGUA INGLESA - Andressa Alves
GEOGRAFIA -
EDUCAÇÃO FÍSICA - Vivian Santos e Iosemar Oliveira


PROFESSORES - SÉRIES INICIAIS

PROFESSORES: SÉRIES INICIAIS


1º Ano- Tarde - Magdiel Oliveira
2º Ano - Manhã - Nilva Souza
3º Ano- Tarde - Lídia 
3º Ano- Tarde - Jussara Pacheco
4º Ano- Tarde - Carla
4º Ano- Tarde -  Diuli Oliveira
5º Ano- Manhã - Josiandra Souza
5º Ano- Tarde - 
Josiandra Souza

ITINERANTES E REFORÇO:

Lizete Castro
Simone
Pricila
Silvia
Márcia


EQUIPE DIRETIVA

EQUIPE DIRETIVA

DIREÇÃO: Jurema Lisboa
VICE-DIRETORA: Aline Pires Couto

SECRETÁRIA: Lorena Maciel
SUPERVISÃO ESCOLAR: Daniela Ferreira da Silva
ORIENTADORA EDUCACIONAL: Adriana Bandas

 

Caminhada: Dia Internacional do Combate ao uso de Drogas

26 DE JUNHO DIA INTERNACIONAL DO COMBATE AO USO DE DROGAS

CONVIDAMOS PARA
 
 
TRADICIONAL CAMINHADA
 
SAÍDA DO PÁTIO DO ASUN DE CIDREIRA ÀS 14H
 


Palestra: Coalizão Comunitária de Cidreira/RS

Dia 18 de Junho nossa Escola esteve presente na Palestra: Coalizão Comunitária de Cidreira/RS
 




 
 
 

terça-feira, 18 de junho de 2013

Festa Julina

 
 
é aqui na EMEF FRANCISCO MENDES
dia 06 de Julho a partir das 15h.
 
 
 
Origem da Festa Junina 
Existem duas explicações para o termo festa junina. A primeira explica que surgiu em função das festividades ocorrem durante o mês de junho. Outra versão diz que está festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina.
De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).
 Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.  
Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.  
Festas Juninas no Nordeste 
Embora sejam comemoradas nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas ganham uma grande expressão. O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Como é uma região onde a seca é um problema grave, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.
Além de alegrar o povo da região, as festas representam um importante momento econômico, pois muitos turistas visitam cidades nordestinas para acompanhar os festejos. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nestas cidades. Embora a maioria dos visitantes seja de brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar de perto estas festas. 
Comidas típicas 
Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, são feitos deste alimento. Pamonha, cural, milho cozido, canjica, cuzcuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos.
Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bombocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais. 
Tradições 
As tradições fazem parte das comemorações. O mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilhas. Os balões também compõem este cenário, embora cada vez mais raros em função das leis que proíbem esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam.
No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros.
Já na região Sudeste são tradicionais a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança da quadrilha, geralmente ocorre durante toda a quermesse.
Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o “pãozinho de Santo Antônio”. Diz a tradição que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, diz a tradição, devem comer deste pão.
 
Veja também:  
 
Pesquisa realizada no endereço:
 

Dia do Desafio




O Dia do Desafio é uma competição mundial que tem por objetivo incentivar a prática da atividade física em benefício da saúde bem-estar. Cidades do mundo inteiro disputam entre si por uma mobilização da comunidade.

Em 2013, Cidreira confronta a cidade de Bio Bio (Chile).

O Dia do Desafio é realizado anualmente sempre na última quarta-feira do mês de maio e foi criado no Canadá, em 1983; e vem sendo difundido mundialmente pela Trim & Fitness International Sport for All Association (Tafisa). Desde 1995, o SESC coordena o evento nas Américas, em parceria com as Prefeituras.
 
Saiba mais sobre o Dia do Desafio em: https://www.sesc-rs.com.br/diadodesafio/index.htm
 
 
 
 

Homenagem às Mães


 
 
Dia 17 de maio às 18h reuniram-se nas dependências da Escola Funcionários, Professores e Mães, para homenagem referente ao Dia das Mães.
Com ajuda dos professores e alunos a decoração embelezou a festa.
Os professores confeccionaram com seus alunos os arranjos de mesa, painéis e lembrancinhas, e produziram belíssimos vídeos para homenagear as Mães.
Após as Mães foram recepcionadas com um maravilhoso chá com salgados e doces.
 
 
 
 
Recebemos a visita do Senhor Prefeito Milton Bueno e da Primeira Dama Serenita, que vieram privilegiar nossa festa e deixar suas homenagens às Mães.
 
A Equipe Francisco Mendes está de parabéns!
 

 



Páscoa/2013






Dia 28 de março foram realizadas atividades alusivas referente a Páscoa, onde todos os alunos se reuniram no turno da manhã.
 
 
Nossa diretora fazendo a abertura do evento
 
Atividades como música, dança, poema, teatro e jogral foram apresentadas pelos alunos dos 1º ano ao 8º ano.


Recebemos a visita dos amigos do CONDEC, que fizeram a Páscoa de nossos alunos ficar mais doce.
  

Lembrancinhas que fizemos para nossos  professores e funcionários.


 
 
 

 
Ocorreu um erro neste gadget

Páginas