Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aniversariantes do 1º Semestre

Parabéns por hoje, felicidade para sempre



Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para mim.

Felicidades pelo seu aniversário.

Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias, sejam constantes em seus dias.

Parabéns por hoje, mas felicidades sempre.
 
 
Nossos agradecimentos pelos nossos contribuintes Equipe Diretiva, Professores e Funcionários.
 

Semana Farroupilha

 
Grupo de dança tradicionalista Francisco Mendes
Dirigido pela Professora Alexandra Lima 
 
 
Gaúcho
 

(Ruben Sofildo da Silva)
Gaúcho é filho do pago
Que ama e zela esta terra
Fronteira, missões e serra,
Campanha e litoral,
Recantos do mesmo ideal,
Onde se vê o céu azul,
Os rios, a mata, a flechinha,
Mas tudo é chão farroupilha
Tudo é Rio Grande do Sul.

Gaúcho não é ser grosso
Ter botas, esporas e mango
Usar lenço chimango,
Atado frouxo ao pescoço,
E andar fazendo alvoroço,
Comprando qualquer parada,
Gaúcho é ser idealista,
Peleiar só por conquista
Em defesa da terra amada.

Gaúcho é nome e herança,
Que os bravos heróis nos legaram,
Que muito mal empregaram
Não compreendendo por certo
Gaúcho é altivo, esperto,
Espontƒneo, inteligente,
Respeitador bom amigo,
Mas quando encontra o perigo,
Costuma chegar de frente.

Quem foi Bento Gonçalves?
Quem foi David Canabarro?
Não foram estátuas de barro,
Nem pobres leigos sem eira
Quem foi Pinto Bandeira?
Eu nesses versos lhe digo,
Com altivez e estoicismo,
Foram a nata do gauchismo,
Do nosso Rio Grande amigo.
 
 
 

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Semana da Pátria 2014

Atividades da Semana Cívica 01 a 05 de setembro.

 
 
Um outro país
Pátria
Quando você chegar,
deve encontrar um outro país,
ser recebido por um povo que diz
ter orgulho da sua nação.
Quando você chegar,
deve encontrar um país diferente,
confiante na força da sua gente,
moderno, seguro, sem corrupção.
Quando você chegar,
ouvirá histórias de um país encantado,
de um povo forte, feliz, inspirado,
que lutou como um bicho acuado
por trabalho, saúde, casa e educação.
Quando você chegar,
menino ou menina,
ainda haverá vestígios da revolução
nos jornais, nas revistas,
nos cartazes escritos à mão,
das passeatas, dos brados, daquela canção
cobrando o respeito à sua gente sofrida.
De um povo que, cansado do seu pesadelo,
saindo às ruas de forma atrevida,
fazendo sua guerra sem o uso do aço,
somente com suas vozes e a força dos braços,
libertou-se, por fim, daquela opressão.
Quando você chegar,
será (menino ou menina?) bem mais feliz
do que sua mãe, seu pai, seus irmãos,
que lutaram tanto para te deixar um país
grandioso, belo, liberto, viril,
como sempre deveria ter sido o Brasil.
Remisson AnicetoSão Paulo, SP
 
 
 ABERTURA DA SEMANA CÍVICA COM A PRESENÇA DA SECRETÁRIA MERCEDES GIROLETI, SUPERVISORA VERA, SUPERVISORA PAOLA E DIRETORES DAS EMEFS
COM PERCERIA DA EMEI VOVÓ JURA E CAE.
 
 
 
 
 
 

 


 

 

 

 
 
Ocorreu um erro neste gadget

Páginas